Gratidão é questão de consciência

Rio de Janeiro. Uma tarde de sábado. O telefone tocou.
Uma voz com sotaque português procura pelo Luiz António. Me pergunta quando vou aparecer.

- Mas, aparecer aonde? - perguntei.
- Ná Rádio Vera Cruz - responde
- E quem fala?
- É o Joaquim Pimentel.

No dia seguinte, com o violão a tiracolo, eu apareci na rádio. Estava tranquilamente sentado no auditório lotado, assistindo ao programa, quando ouço Joaquim Pimentel dizer: E agora tenho o prazer de lhes apresentar um jovem cantor que está começando a despontar. Com as senhoras e com os senhores, Luiz António!
Eu não esperava! Nada fora combinado. Mas foi uma surpresa fantástica. Foi desse jeito que iniciei os meus passos pela carreira artística.
Como o meu blog é voltado para questões da consciência - e gratidão é consciência pura - aqui estou para prestar uma homenagem a esse grande amigo Joaquim Pimentel.


Comentários

Postagens mais visitadas